7 de setembro de 2008

[ ... ]

Tem sorriso que parece choro.
Tem choro que é por alegria.

Tem dia que parece noite.

E a tristeza parece poesia.

Tem motivo pra viver de novo.
Tem o novo que quer ter motivo.

. . TM.

Nenhum comentário: