6 de maio de 2009

* Soy tu aire
Virginia Maestro *

Sou seu ar
Sou sua água
Faço riscos
Pequeninos
Com o giz de cera derretido
De suas vontades...


Eu vou entrando pouco a pouco, muito pouco
Em suas cócegas
Me acomodo, te incomodo, para que rias
E no meu pescoço, nesta bagunça, sem chamar
Sem avisar.


Sou seu ar
Sou sua água
Você me bebe
Te engasgo
Me respiras
Te espalho
Você me engole!



E me distraio, jogo um pouco em suas memória
E as ponho em minhas sais
Faço em pedacinhos seus lamentos, creio em fantasias loucas
E confundo suas lembranças com a ponta dos meus beijos.

Sou do ar
Sou da água
Sou do ar
Sou da água
Vôo livre
Não me impeça
Que eu escapo
Pelo meio
De seus dedos...

Impassível te transformo o impossível em impensado
E construo no inseguro
Um futuro improvisado
Em que um e um não sejam dois
E os demais estão fora e já não são ninguém.




...sou seu ar
Sou sua água!

5 comentários:

Anônimo disse...

Vc é tudo isso pra mim. Music is very good! Vc é meu xuxzium.

A Senhora do Lago

Lado B disse...

Hummm fizeram as pazes né? Muito bom!!!

OTNI disse...

Hum?! rs...

Naty Dezoti disse...

Que bonito, anjo!!!

Luli =) disse...

ã?