12 de junho de 2009

Bem feliz...[bem feliz!]

*

O céu banhado de prata

reinava absoluto

para deleite dos apaixonados

e tristeza dos solitários...

...que estavam de luto!


:: Jadiel Nascimento

2 comentários:

Branca de Neve disse...

"Es la tempestad de mis sentidos
doblegando la selva sensible de mis nervios.
Es la carne que grita con sus ardientes lenguas!
Es el incendio!
Y estás aquí, mujer, como un madero intacto
ahora que vuela toda mi vida hecha cenizas
hacia tu cuerpo lleno, como la noche, de astros!"
Neruda

Tati Ferrari disse...

Estrelas de pisca pisca. Vênus iluminando a noite.
Papel celofane lilás e uma minguante de baunilha costurada nele.
Assim é o céu que paira, retalhos caindo lentamente e entrando pela janela.
E mais uma vez aquela estrela se esquece de seu próprio nome.
Quando a chaleira apita, grave como um violoncelo,
percebo que ainda quero saber se gostas de salmão,
se já fostes a Estrasburgo ou se descendes de um faraó.
É sempre assim quando o amor nos toma por todos os poros:
incertezas felizes nos embriagam.

Tati...
Te amo nego!