23 de fevereiro de 2009

video
Well life has a funny way of sneaking up on you
When you think everything's okay and everything's going right
And life has a funny way of helping you out when
You think everything's gone wrong and everthing blows up
In your face
And isn't it ironic ... don't you think?


Ironic
::Alanis Morissette


HEATH LEDGER

1979 - 2008

"É doloroso ver que este seria o filme que verdadeiramente daria a Ledger o reconhecimento tão merecido. Impossível, até mesmo para quem gosta dos trabalhos anteriores do ator, não se surpreender com a forma como Coringa foi encarado. Desde os trejeitos, a voz, até mesmo a forma como cada palavra dita por Ledger não parecia vir do ator que conhecíamos, mas sim de alguém verdadeiramente perturbado. Tudo feito de forma tão inspirada que até mesmo os momentos cômicos, ainda que muitos deles extremamente fortes, pareciam ter uma naturalidade indescritível."

:: Luciano Lima

Sobre "O Cavaleiro das Trevas"



1997 – "Assassinato em Blackrock"

1999 - "10 Coisas que Eu Odeio em Você", "Two Hands"

2000 - "O Patriota"

2001 - "Coração de Cavaleiro", "A Última Ceia"

2002 - "As Quatro Plumas"

2003 - "O Devorador de Pecados" , "Ned Kelly"

2005 - "Os Reis de Dogtown", "Casanova", "O Segredo de Brokeback Mountain", "Os Irmãos Grimm"

2006 - "Candy"

2008 - "Batman - The Dark Knight", "Eu Não Estou Lá"




Êxtase


Danço para a lua

Lua minha que me extasia

Envolta em véus negros ocultantes e esvoaçantes

Danço desprendida em meu jardim secreto e êcluso

Bailo, bailo, bailo

Sinto a luminosidade do luar em meu corpo e minh'alma

Sois meu amparo

Sois minha vereda

Na madrugada de brumas e mistérios

Me encontro com meu eu

E mesmo depois de tanto antagonismo interno

O que posso declarar que sem tu, minha deusa, não me sinto

Venha doce noite e traga com voz minha senhora

Para que eu possa, humildemente serva dançar para seu regozijo

Vós sois meu vigor.

Oráculo de meus sentidos

Doce conselheira

Testemunha calada de amores intensos

Afrodite imponente

Danço pela eternidade por vós soberana senhora.


:: Letícia Andrade